O que é uma Imobiliária, e Quais Suas Principais Funções?

A empresa, que deve ser credenciada pelo CRECI, atua como intermediária na transação imobiliária.

Por um lado, um proprietário que deseja vender ou alugar um imóvel. Por outro lado, um candidato residente que procura um imóvel para comprar ou alugar.

Como essas duas partes se encontram? Embora esse tipo de transação possa ser feito sem um corretor imobiliário agindo como intermediário, a empresa geralmente encontra um meio-termo entre as duas partes no relacionamento.

As funções imobiliárias vão desde a decisão de comprar um imóvel ou colocá-lo no mercado a preços fixos até o fechamento de um contrato.

Ele também administra imóveis alugados porque uma imobiliária e seus profissionais devem possuir uma variedade de competências, desde a dinâmica do mercado imobiliário até o conhecimento jurídico.

O Código Civil e o CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) regulamentam essa atividade.

Busca e Administração de Imóveis

Os corretores de imóveis que atuam na busca de imóveis que atendam aos critérios do cliente também devem ser licenciados pelo CRECI para atuar nesta posição.

Para quem procura um imóvel, residencial ou comercial, a corretora atua como uma “terceirizada” na busca.

Recomenda-se que a imobiliária esteja localizada na mesma região em que pretende alugar ou adquirir o imóvel, pois os profissionais se especializam na área em que atuam e podem encontrar mais facilmente os imóveis de acordo com os critérios definidos pelo cliente.

É também uma imobiliária, que através dela define o valor dos imóveis colocados no mercado. Tomando como base o custo por m2 na região e outras características do imóvel, como o número de lugares de estacionamento e a qualidade dos acabamentos, calcula como deve ser a venda ou o aluguel. A empresa também é responsável pela divulgação do imóvel.

Quando as duas partes na transação se encontram e concordam que a transação é adequada para ambas, a imobiliária por meio de sua pessoa jurídica elabora um contrato de compra e venda.

Para isso, ela precisa de advogados especializados em direito imobiliário. Os detalhes dos impostos operacionais e do processo de ajustes de documentação estão incluídos neste pacote de serviços.

A Remuneração

tudo isso custa dinheiro. E é nessa época que muitas pessoas que procuram imóveis para pesquisar ou colocar à venda acabam voltando e decidindo fazer elas mesmas.

De acordo com o Código Civil, essa taxa é devida ao corretor “depois que ele atingiu o resultado estipulado no acordo de mediação, ou ainda que não o tenha sido por remorso das partes”.

O código de ética profissional também estabelece as regras de valores e o esquema de obtenção desta comissão, o que garante maior segurança ao cliente. E o CRECI de cada estado determina a comissão para cada tipo de transação.

Geralmente é calculado como uma porcentagem do valor da propriedade. No estado de São Paulo, por exemplo, a propriedade urbana varia de 6% a 8% e a propriedade rural de 6% a 10%. Para saber qual é a taxa no seu estado e se o corretor está cobrando a comissão corretamente, acesse o site do CRECI.

Descubra os melhores Imóveis alto padrão, conheça o Marcio Rapôso Imóveis!

Visite: www.marcioraposo.com.br