Ho'oponopono - Oração Original

Morrnah Simeona

Ho'oponopono - Oração Original

Ouça a Oração - no player abaixo

Divino Criador, Pai, Mãe, filho – todos em um.

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados ofendemos tua família, parentes e antepassados em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nós pedimos teu perdão.

Deixe que isto se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.

Transmuta estas energias indesejáveis em pura LUZ. E assim é.

Para limpar meu subconsciente de toda a carga emocional armazenada nele, digo uma e outra vez durante o meu dia as palavras-chave do Ho’oponopono.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Declaro-me em paz com todas as pessoas da Terra e com quem tenho dívidas pendentes. Por esse instante em seu tempo, por tudo o que não me agrada de minha vida presente

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Eu libero todos aqueles de quem acredito estar recebendo danos e maus tratos, porque simplesmente me devolvem o que eu os fiz antes, em alguma vida passada.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Ainda que me seja difícil perdoar alguém, Eu sou quem pede perdão a esse alguém agora, por este instante, em todo o tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Por este espaço sagrado que habito dia-a-dia e com o qual não me sinto confortável com isto.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Pelas difíceis relações das quais guardo somente lembranças ruins.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Por tudo o que não me agrada na minha vida presente, de minha vida passada, do meu trabalho e o que está ao meu redor, Divindade, limpa em mim o que está contribuindo com minha escassez.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Se meu corpo físico experimenta ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor, pronuncio e penso: Minhas memórias, eu te amo! Estou agradecido pela oportunidade de liberta-los a vocês e a mim.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO

Neste momento, afirmo que: EU TE AMO. Penso em minha saúde emocional e na de todos os meus seres amados… TE AMO.

Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo, reconheço as memórias aqui

SINTO MUITO

TE AMO

Minha contribuição para a cura da Terra:

Amada Mãe Terra, que és quem Eu Sou…

Se eu, a minha família, meus parentes e antepassados te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações desde o início de nossa criação até o presente, eu peço o Teu perdão, deixa que isto se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas. Transmuta estas energias indesejáveis em pura LUZ e assim é.

Para concluir faço de teu conhecimento que este áudio é minha contribuição a tua saúde emocional que é a mesma minha, então, esteja bem. E na medida em que você vai se curando eu te digo que eu sinto muito pelas memórias de dor que compartilho com você. Te peço perdão por unir meu caminho ao seu para a cura. E te dou graças porque estás aqui por mim e eu te amo por ser quem és.

Quem foi Morrnah Simeona?

Morrnah nasceu 19 de maio de 1913, em Honolulu , Havaí , para Kimokeo e Lilia Simeona, tanto nativos havaianos. Sua mãe, Lilia, foi um dos últimos reconhecida kahuna la ' au Kahea

Morrnah Simeona era uma Kahuna, que usava cantos e palavras para curar. Ela foi criada e cercada por essa tradição de cura. Ela cresceu em um mundo multidimensional onde as realidades internas e externas eram fluidas, onde as correntes de energia informavam sua compreensão e onde, em contraponto, o mundo externo estava associado às pressões da cultura ocidentalizada.

Percebendo o quanto muitas pessoas (ocidentais) colocavam o intelecto acima da sua espiritualidade, do seu Eu Superior, Morrnah, que era massagista, praticante de massagem lomilomi, curava com as mãos e que já praticava Ho’oponopono em silêncio, identificou os benefícios nas pessoas que chegavam até ela, mesmo não reunindo a família.

Morrnah viveu o caminho de seus antepassados como um membro valioso de sua comunidade, praticando silenciosamente seus dons de cura por mais de metade de sua vida

Então 1976, somente aos 63 anos desenvolveu uma nova forma de praticar Ho’oponopono, modificando o processo original, criando Ho’oponopono identidade própria, onde de forma simples pronunciamos as quatro frases:

Sinto muito,

Por favor, perdoe-me

Eu te amo

Sou grato

Ao falarmos essas frases, nos conectamos com nossa própria luz interior, com a Luz da fonte, da Divindade.