O que é o Ho'oponopono

Ouça no player abaixo o texto nopodcast Café com Osho

Você já deve ter ouvindo falar do ho'oponopono e principalmente que as pessoas ficam repetido: Eu sinto muito, me perdoe, eu te amo, eu sou grato. Quando eu ouvi a primeira vez eu achei muito estranho e sem sentido algum, uma repetição dessas. Como bom cético resolvi testar e estudar, e logo de cara fiquei surpreso com alguns resultados.

O ho'oponopono é uma prática que nos insere numa outra maneira de ver as situações, maneira esta que nos lança um olhar completamente diferente sobre a vida, os outros e a si mesmo.

Mas antes de tudo, a primeira coisa a saber sobre o hoʻoponopono é que estamos falando de uma prática havaiana antiga, com vista à reconciliação e ao perdão. A palavra ho’oponopono é formada pela junção de duas partes. Ho’o significa causa e ponopono significa perfeição. A junção dessas duas partes nos dá o significado: corrigir um problema, tornar certo o que está errado.

Precisamos considerar que por trás de toda situação, todo acontecimento e todo encontro que ocorre na vida, uma memória é guardada e o ho'oponopono trabalha na liberação das memórias que possam impor obstáculos em nossa vida ou ser fonte de dor, pesar ou sofrimento.

Podemos dizer que ele funciona como um catalisador que ajuda nas purificações das nossas memórias e situações que impedem o fluxo energético divino.

Tradicionalmente, o hoʻoponopono era praticado por Karunas, os sacerdotes havaianos, em membros de uma família. Assim que surgia alguma discórdia entre as pessoas ou problemas de relacionamento, eles se reuniam em presença de todos os protagonistas e, sob a orientação de um Karuna, trabalhava-se o perdão.

No entanto foi Morrnah Nalamaku Simeona, uma Karuna que usava de cantos e palavras para curar, que apresentou o método que conhecemos atualmente. Ao longo da sua vida ela desenvolveu atividades como massagista e nos seus atendimentos já praticava ho’oponopono em silêncio, de forma que identificou os benefícios nas pessoas que chegavam até ela, mesmo não reunindo a família.

Então 1976, somente aos 63 anos desenvolveu uma nova forma de praticar ho’oponopono, modificando o processo original, criando o Ho’oponopono Identidade Própria, onde, de forma simples, pronunciamos as quatro frases:
Sinto muito
Me perdoe
Sou grato(a)
Eu te amo

Morrnah também dizia que ficamos carregados com o peso das nossas memórias. O objetivo do ho’oponopono é, portanto, liberar-nos dessas memórias, para que, ao nos desvencilharmos desse véu, possamos descobrir a “Divindade” que está em nós. Assim, poderemos descobrir quem nós realmente somos, o que é essencial.

Inclusive a prática tem sido acolhida como um processo de terapia por atuar em todos os corpos, sendo o físico ou os sutis e através da prática consciente, estabelece uma ligação entre corpo, mente e espírito, permitindo liberar memórias do passado, nós energéticos, bloqueios que desencadeiam uma série de situações indesejadas em nós.

Eu gosto de dizer que o ho'oponopono é uma meditação profunda, em que tomamos consciência da nossa real natureza absoluta, original, plena, onde tudo e todos estão incluídos, onde todas as diferenças são aceitas, amadas, em nós, em nosso próprio coração, em nosso próprio Ser. E assim, podemos dizer que ela é simples como um olhar de uma criança e amorosa como o abraço de uma mãe.

Quando nos tornamos mais conscientes, sentimos a genuína alegria Divina pela realização desse processo construtivo, damos então um salto rumo à consciência da unicidade.

Osho nos ensina que “Somente quando conseguimos alcançar um estado de consciência no qual percebemos de modo claro que todas as situações que vivenciamos são providenciadas pela existência, porque constituem lições essenciais ao nosso crescimento interior, é que o processo da aceitação começa a se tornar natural”

O ho'oponopono é uma prática que não requer muitos ensinamentos ou teorias e serve para purificar o próprio corpo e se livrar de memórias ou sentimentos ruins, que prendem a mente em uma sintonia negativa.

Para Morrnah Simeona, “a paz começa comigo e com ninguém mais”.
Morrnah passou a dar cursos, e o Dr. Len se tornou o aluno mais famoso da xamã, pois foi através dele e de sua extraordinária experiência que o ho’oponopono se difundiu no mundo.

Mas vou deixar para falar sobre o Dr Hew Len num próximo texto/episódio e contarei um pouco do seu trabalho realizado no presídio psiquiátrico com detentos.

Conheça a Oração Original criada pela Morrnah,link logo abaixo da imagem

Oração Original

Recomendações

Abaixo deixo a recomendação de alguns livros para que possa aprimorar seus estudos e praticas cada vez mais.

Nesse livro Joe Vitale conta como o Dr. Hew Len trabalhou o ho'oponopono no presídio psiquiatrico

https://amzn.to/31gdGOp

Apesar desse livro ser sobre Mindfulness ele complementa em muito o estudo do Ho'oponopono

https://amzn.to/31bAWwW

https://amzn.to/3aHBrlg

https://amzn.to/34nWEzT

https://amzn.to/32eJTEQ

Video onde Dr. Hew Len fala muito sobre a pratica de o Ho'oponopono